versão carregada: quinta, 30 de junho de 2022

Golpes ao contratar desenvolvedores: nunca se deixe enganar

laptop 3196481 640

A procura por um profissional para criar sua solução de software ou solucionar problemas/bugs de sistemas tem aumentado exponencialmente, para todos os segmentos de mercado. No matteus.dev, A demanda de desenvolvimento para o ensino online EAD e Lojas virtuais principalmente, está muito aquecida.

Recentemente, inclusive, um cliente precisava de um algoritmo um pouco mais complexo de recomendação para usuários e uma solução com alguns cruds e relatórios. Esse cliente tinha sido vítima de um golpista que pediu R$400 alegando contratação de servidores e início do serviço. O sujeito apenas subiu um repositório (github) com arquivos básicos de configuração, bloqueou o cliente e nunca mais deu um retorno.

Eu (Matteus) então peguei o trabalho para fazer por um valor justo, elaborei os entregáveis em um painel Trello e cumpri as etapas com videoconferências do cliente. Quis mostrar pra ele que aquele profissional desonesto não representa nossa classe.

Nesse momento em que muitos tem pressa em ter sua demanda solucionada, acabam vulneráveis a oportunistas, aceitando as primeiras propostas sem antes se certificar de que realmente se trata de um profissional legítimo com uma proposta séria.

Não deixe que seu investimento se perca devido à desonestidade de alguns profissionais e outros oportunistas que sequer podem ser chamados de desenvolvedores. Tomar alguns cuidados antes de contratar a pessoa que terá acesso ao seu projeto pode evitar prejuízos e transtornos relacionados a medidas junto à policia e a justiça.

Proponha um contrato

Aqui nesse outro post eu disponibilizo um Contrato de prestação de serviços de desenvolvimento web

Pagamento (fracionado) do projeto

A chave pix/conta bancária devem estar em nome do profissional. Nunca deposite 100% do valor para inciar o projeto. Pelo contrário: separe o projeto em etapas e proponha depósitos fracionados à medida que as etapas sejam cumpridas.

Referências de clientes para contato

Peça pelo menos duas referências de clientes desse profissional. Você pode e deve fazer apenas confirmações simples relativas ao serviço prestado pelo profissional com esses clientes.

Identidade do profissional nas redes

Certifique-se de que o profissional realmente é quem diz ser. Não basta apenas um perfil. Adicione vários: LinkedIn, Facebook, Instagram, WhatsApp comercial e pessoal…. E, na mínima evidência que o perfil seja fake, não hesite em solicitar fotos do documento do profissional.

Quer saber mais sobre como funciona? Fale com um desenvolvedor agora mesmo!
Este artigo foi lido 396+ vezes. Obrigado por ler até aqui! Fique à vontade pra copiar e compartilhar. Ajude sempre seus colegas. O conhecimento muda vidas!

O conteudo foi útil? Isso é ótimo. Quer incentivar mais posts como esse? Mostre seu apoio com qualquer valor.
Chave PIX: d0311e58-cb6e-4d47-b3d8-3d4254763ce7



EnglishPortuguês