versão carregada: quinta, 01 de dezembro de 2022

Desenvolver um sistema próprio do zero ou contratar um pronto (SAAS)?

software developer 3182374 640
A necessidade de softwares de maneira generalizada requer a tomada de decisão assertiva: devo desenvolver um sistema próprio do zero ou contratar um pronto (SAAS)? É uma decisão tão frequente, inerente, compartilhada tanto pelo nicho de negócios quanto pelo nicho de tecnologia, e ambos devem chegar a um acordo partindo de informações coerentes sobre o contexto atual.

Quero um sistema próprio

Desenvolver e manter um sistema próprio exige mão de obra, tempo, testes. A manutenção o do software também deve ser preocupação durante o planejamento. Criar um sistema próprio requer a contratação não só de pessoas que entendam de desenvolvimento, mas também disponibilidade e alocação de pessoas com conhecimento das regras de negócio. Por outro lado, a escalabilidade para expansão, controle, flexibilidade para integrações, mudanças, são pontos positivos de muito na hora da escolha.

Quero algo pronto (SAAS)

Contratar um sistema pronto também requer disponibilidade e alocação de pessoas com conhecimento das regras de negócio – e limita a flexibilidade para integrações e mudanças – porém dispensa a contratação de profissionais para desenvolvimento. O ponto positivo é que ao contratar um SAAS (software como serviço), evita-se a reinvenção da roda, pois SAAS por natureza já compreendem a rotina do negócio de seus clientes usuários como recursos, relatórios, e a própria experiência do usuário (UX) que já foi melhorada a partir do uso de diversos outros negócios similares.

Matriz simplificada de decisão

Considerando Investimento versus Impacto, é possível identificar o quadrante da situação e então a decisão adequada.

Questões comuns na escolha de SAAS ou criação própria de sistema

  • Minha atividade-fim depende do software?
  • Preciso mesmo reinventar a roda? Não existe um SAAS (software pronto para contratar) que já ofereça grande maioria dos recursos que eu preciso?
  • Qual o porte do meu negócio? Tenho outras prioridades? Tenho dinheiro em caixa suficiente para contratar os profissionais para desenvolver?
  • Sei onde encontrar os profissionais adequados para desenvolvimento?
  • Disponho de tempo, ou tenho um funcionário capacitado que vai colaborar com o desenvolvedor no projeto, testes e parametrização?
  • Consigo operar o software com recursos básicos enquanto outros recursos são desenvolvidos iterativamente?

Conclusão

Após estudos é possível ainda considerar uma solução mista, onde parte do seu problema é desenvolvida por conta própria, e outra parte é um SAAS contratado. Seja qual for o caso, é ideal conversar um profissional da área de T.I., ou mesmo contratar uma consultoria de tecnologia para estudo da melhor solução e obter os melhores resultados com o melhor custo-benefício. Esses profissionais realizam análises mais aprofundadas, utilizando ainda matrizes CAPEX OPEX, como você pode acompanhar nesse outro artigo.

Quer saber mais sobre como funciona? Fale com um desenvolvedor agora mesmo!
Inscrever-se
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments


EnglishPortuguês