quinta, 05 de agosto de 2021
Foto de Matteus Barbosa | Desenvolvedor Web

Desenvolvedor de Sites WordPress | Temas e Plugins

wordpress banner

Um site moderno, intuitivo, rápido, é essencial para atração e interação com clientes.

Desenvolver sites e portais baseados em WordPress é trabalho do desenvolvedor web, que deve conhecer afundo a documentação do CMS e Plugins. O desenvolvedor web também programa componentes de aplicação e plugins “do zero” quando alguma regra de negócio exige um componente inexistente no mercado, mediante análise do projeto.

Casos de sucesso

Em Últimos Trabalhos aqui no site, você encontra diversos casos de sites entregues em WordPress.

O que está envolvido no processo de criação de portais WordPress:

  1. Seu negócio: Saiba exatamente o seus objetivos principais com o site.
  2. Seu(ou sua) cliente: Saiba exatamente como oferecer o que seu (ou sua) cliente procura.
  3. Desenvolvedor(a) web: O(a) responsável pela produção do tema, configuração dos plugins, diagramação do seu conteúdo e publicação no servidor. Também cuida das atualizações e manutenções de rotina.
  4. Servidor de Hospedagem: serviço/plataforma que garante que seu portal, bancos de dados e e-mails do website funcionem 24/7. Exemplos: Amazon, Umbler, Azure, DigitalOcean. Existem também opções de servidores compartilhados de custo mais acessível.

Como funcionam os portais WordPress?

Portais WordPress são construídos a partir do framework de código que agrega produtividade e facilita a manutenção a partir de código de conhecimento global. A grosso modo, isso quer dizer que existem ferramentas disponíveis e documentadas sobre o que cada funcionalidade entrega: resolvendo parte do problema da “reinvenção da roda”.

O que dá para fazer com WordPress?

Qualquer aplicação web com a natureza da gestão de conteúdo pode se beneficiar do suporte do framework e da comunidade WordPress. A operação do banco de dados é flexível através da API, acelerando o desenvolvimento dos mais diversos tipos de aplicações por meio dos plugins, entre outras contribuições da comunidade.

Como usar a API do WordPress?

https://matteus.dev/wp-json/wp/v2 é um exemplo de rota que retorna um mapa das rotas disponíveis na API deste blog. Todo site baseado em WordPress já possui a rota /wp-json/wp/v2 habilitada por padrão. Essas rotas disponíveis são utilizadas para consultas e envios de dados mais diversos conteúdos, de forma síncrona ou assíncrona. APIs permitem a comunicação de clientes navegadores para sistemas, e também entre sistemas.

Não recomendo desenvolver sites e portais sem um CMS como WordPress. Por que?

O ideal é contar com plugins e ferramentas que entreguem a tecnologia pra que você tenha mais tempo pro seu negócio. Eu explico o por que:

Painel de Administração: WordPress oferece um painel de administração onde é possível gerenciar toda interação e informação disponível.

Sobre os conteúdos: WordPress oferece um editor de fácil acesso via painel de administração. O próprio gestor do negócio pode trabalhar em modo Blog, se assim desejar.

Produtividade: As entregas com WordPress são mais rápidas devido a existência de funcionalidades plug and play do framework, além dos milhares de plugins.

É possível criar seu portal/site “próprio”, porém uma solução 100% própria demanda pessoal e tempo, além do risco de chegar no mercado tarde demais. Não perca o foco da sua atividade-fim! Projetos grandes são complicados!

Não tente imaginar os complicadores que surgem para “reinventar a roda”.

Percebe-se a necessidade de atuação de um time do negócio junto ao time de desenvolvimento. Esses devem ser os feras, que entendem bem o os desejos do cliente.

Processo básico de criação de site WordPress

  1. Análise dos requisitos do portal
  2. Análise dos concorrentes e outras referências do nicho
  3. Contratar o desenvolvedor que tem experiência com WordPress
  4. Desenho e aprovação do layout
  5. Obter um cronograma e orçamento para entregas do desenvolvedor
  6. Desenvolvimento do tema
  7. Instalação dos plugins
  8. Geração de posts, categorias, comentários fictícios
  9. Testar as entregas do desenvolvedor
  10. Ajustar layout e apagar dados fictícios
  11. Publicar o portal
  12. Extra: Monitorar funil de vendas Inbound, AdWords e Analytics.

Plugins WordPress

O grande motivo de seu sucesso e a grande vantagem do WordPress é a facilidade com que se utiliza componentes desacoplados, chamados Plugins. Considerando isso, desenvolvo funcionalidades em forma de plugins para WordPress, o que possibilita essa reutilização de componentes em múltiplos domínios de negócio, com customizações pontuais. Entre o plugins desevolvidos, estão o Tryst e o Categories as Folders:

Tryst: Plugin de agendamento

Pensando nas necessidades básicas de negócios que necessitam marcar encontros com data e hora pré-definidos, foi desenvolvido um plugin altamente customizável. Leia mais sobre o Tryst e o processo de desenvolvimento.

Categories as Folders – Plugin de pastas para WordPress

Existem situações onde a gestão de conteúdo em WordPress requer exibição de posts e categorias com estrutura de arquivos em pastas, em uma navegação semelhante à do Windows. Isso é possível com o plugin para WordPress “Categories as Folders” que tem sido desenvolvido.

Mais informações sobre o WordPress


wordpress

Conclusão sobre sites WordPress

Sites WordPress solucionaram diversos problemas, dos quais destaco três:

  • I) Sites sem gerenciador de conteúdo complicam a atualização.
  • II) O tempo para criar um gerenciador próprio pode inviabilizar os projetos.
  • III) O gestor do negócio não tinha controle nem informações sobre a performance do seu conteúdo e dependia do programador para fazer tudo.

Leia mais sobre: Desenvolvedor web


Entendeu a idéia? Posso te ajudar com isso: Abrir Chat


  • Página no LinkedIn
  • Página no GitHub
  • Perfil Stack Overflow
EnglishPortuguês